Mato Grosso: Falconi assina contrato

A um custo de seis milhões de reais a consultoria Falconi Educação que é gerenciada por Wilson Risólia, ex-Secretário de Educação do Estado do Rio de Janeiro que aplicou a política de reforma empresarial naquele estado, Mato Grosso assinou no dia 19 de abril contrato para capacitar 754 diretores escolares e 100 multiplicadores, além de outras ações focadas na melhoria do resultado e na redução da desigualdade.

Esta consultoria é a mesma que rondou pela cidade de Pelotas (RS), Campinas (SP), por Rondônia e Pernambuco e outros estados. Agora ela tem um setor especialmente dedicado à Educação e contratou um ex-Secretário de Educação na tentativa de contornar a crítica de que não tem experiência com questões de educação, já que ela abrange vários setores de atividade.

O contrato foi assinado pelo Secretário de Educação, Esporte e Lazer Permínio Pinto Filho na terça-feira (19.04) com a Falconi Educação. “O ato marca o início de um modelo de gestão para resultados nas unidades escolares da rede e no órgão central da pasta, como parte da Política de Formação Continuada.” O governo de Mato Grosso é conduzido pelo PSDB.

Para a representante da Falconi:

“O trabalho será norteado pela missão da Secretária que é garantir educação com qualidade social, que proporcione ao aluno a aquisição de conhecimentos, competência e formação de valores, conquistados em um ambiente democrático e de valorização humana. A ideia é que a Falconi Educação seja um elo entre o plano estratégico da Seduc e a gestão das escolas, para criar uma rede que atue em conjunto em prol de um resultado.”

Já para o Secretário de Educação:

“ Esse é um dia muito importante para a gestão da pasta e para a educação de Mato Grosso. “Nossa equipe está comprometida e preparada para, a partir de hoje, inaugurar uma nova era na educação do Estado”, comemorou. “Isso possibilita ações mais focadas e pontuais que permitam a otimização de recursos, resultados e desempenho, que é o que deseja toda a comunidade”.

“Ele lembra que a ação se junta a outras iniciativas, como a Avaliação Diagnóstica do Ensino Público do Estado de Mato Grosso (Avalia MT), que tem o objetivo de construir mecanismos de intervenção na educação com bases em índices próprios. “Teremos progressos dos indicadores, fazendo com que o Estado se posicione entre os melhores do país, de acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica”.

Os consultores apresentaram um cronograma de ações, que começam na próxima semana, quando uma equipe de 15 profissionais chega à Seduc. O trabalho, previsto para os próximos 12 meses, será realizado por meio de três marcos: gestão para resultados; gestão financeira; e programas estruturantes. A consultoria contempla diversas etapas e diferentes tempos para a execução de cada uma delas.

Merecem destaques as ações voltadas para melhoria do aprendizado dos alunos, com equidade (avaliações padronizadas, currículo, correção de fluxo); formação continuada dos profissionais de educação; desdobramento de metas até o nível da escola (gestão para resultados).”

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Meritocracia, Privatização, Responsabilização/accountability, Segregação/exclusão. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Mato Grosso: Falconi assina contrato

  1. Pingback: Brasil: Falconi assina contrato no Mato Grosso | CONTRACORRIENTE

  2. Pingback: Brasil: Falconi assina contrato no Mato Grosso - Clade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s