Charters entram nos planos do Rio Grande do Sul

Prefeitura e Estado do Rio Grande do Sul examinam a adoção do modelo charter – terceirização de escolas públicas:

“É o caso das escolas comunitárias de Porto Alegre — a última delas foi inaugurada em abril, por meio de parceria entre a prefeitura, a ONG Aldeia da Fraternidade e o Instituto Lumiar, que mantém uma rede de escolas privadas no Brasil e no Exterior. Em maio, o governador Eduardo Leite também manifestou interesse no modelo, após receber a visita do empresário Jon Hage, que gerencia 83 escolas charter nos EUA.”

Leia aqui, aqui, aqui e aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Escolas Charters, Homeschooling, Privatização, Vouchers e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Charters entram nos planos do Rio Grande do Sul

  1. Ao final do último post que recebeu há instruções para você deixar de receber posts. É só seguir. Grato por nos acompanhar ate agora. Atenciosamente. Luiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s