Comparando o que não deve

Postado originalmente na UOL em 7/07/2012

Porque comparar diferenças de desempenho de crianças de baixa renda entre Estados no NAEP não funciona

Por Bruce D. Baker (Rutgers University) – 13 de setembro de 2011

A análise passo a passo de Baker explica a complexidade de comparar diferenças de desempenho entre os estudantes de alta e baixa renda entre estados. Listas de comparações são enganosas porque dependem de uma suposição incorreta de que a média das crianças de baixa renda em um Estado é comparável à média de crianças de baixa renda em outro. New Jersey, por exemplo, vem em 5 º em um ranking de comparações entre estados, mas quando as correções necessárias são feitas para o tamanho da diferença de rendimentos entre maior e menor renda dos estudantes, New Jersey vai para a 27ª. posição – com uma diferença menor do que a média do estado.

Veja o estudo completo (em inglês) em: http://nepc.colorado.edu/thinktank/why-comparing-naep

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Links para pesquisas, Postagens antigas da UOL, Segregação/exclusão e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s