New York Times: charters em baixa

Diane Ravitch informa que o New York Times em seu editorial de hoje critica as escolas charters:

Em seu editorial sobre a corrida do Senado para confirmar Betsy DeVos, a indicada de Trump para o Departamento de Educação, o New York Times reconhece que as charters não são uma cura para os problemas da educação.

“Além de apagar as preocupações sobre seus muitos conflitos financeiros possíveis, Ms. DeVos também enfrenta um grande desafio para explicar o dano que ela fez para a educação pública em seu estado natal, o Michigan. Ela jogou dinheiro na defesa das escolas charters, apoiando alterações legislativas que reduziram a supervisão e a responsabilidade das charters. Cerca de 80 por cento das escolas charters em Michigan são operadas por empresas com fins lucrativos, muito maior do que em qualquer outro lugar. Ela também defendeu o fechamento de escolas públicas em Detroit, com um sistema voltado para escolas charters ou para alocação de dinheiro do contribuinte como vouchers para escolas privadas. Naquela cidade, as escolas charters muitas vezes não têm melhor desempenho do que as escolas públicas tradicionais, e às vezes são piores. “

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Escolas Charters, Vouchers e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s