Stiglitz: o neoliberalismo fracassou

O Brasil optou por colocar em prática um “neoliberalismo tardio” que nos últimos 40 anos mostrou ser um fracasso mundial. Esta política que orienta Guedes no Ministério da Economia é considerada por Joseph Stiglitz, ex-economista chefe do Banco Mundial e Prêmio Nobel de Economia, um fracasso “em todas as dimensões”.

Para ele, estamos frente a uma crise tripla: capitalismo, clima e valores. Ele analisa estes aspectos em seu novo livro: “Pessoas, Poder e Lucro: Capitalismo progressista para uma era de descontentamento”.

“Há um desilusão real com os mercados. Como as empresas se comportam: a indústria farmacêutica e a crise dos opioides, a indústria de alimentos e a crise do diabetes infantil, os bancos e a crise financeira. E que o capitalismo não funcionou para uma grande faixa da sociedade, que a expectativa de vida nos EUA caiu, a decepção aumenta. A ideia de que o mercado é rei não é mais verdadeira, principalmente entre os jovens. Eles procuram outra forma de economia. Por isso escrevi este livro.”

Leia a entrevista em Carta Capital.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Weintraub no Ministério e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s