Suspensa a reorganização em SP

Atualizado em 4/12 13:45.

O governador, acuado por manifestações estudantis de rua, ocupações de 200 escolas e manifestações de solidariedade que incluíram a Anistia Internacional, parece disposto a recuar em sua determinação de reorganizar e fechar escolas paulistas.

Não se sabia exatamente em que consistiria esta suspensão anunciada pela manhã. Há pouco mais de uma semana, houve anúncio parecido pela mídia que constatou-se depois ser mais uma manobra tática do que realidade.

Em entrevista, o governo  no entanto, embora mantenha o horizonte da reorganização, diz que pretende adiar para o ano de 2016 o debate da implantação. Não está dito se isso acontecerá nos primeiros meses ou se durante o ano todo. Com isso, o que o governo quer é  dividir o movimento e negociar com cada escola separadamente. A organização estudantil terá que estudar como lidar com esta tática.

No entanto, houve ganho:

“Alunos continuam nas escolas que estudam. Os debates serão feitos em 2016”, disse. “Recebi e respeito a mensagem dos estudantes e seus familiares em relação à reorganização. Por isso decidimos adiar a reorganização e rediscuti-la escola por escola”, acrescentou o governador.

O Secretário da Educação, Herman, está de férias desde segunda feira. Irene Miura é quem está assinando documentos da Secretaria. A negociação passou para a Casa Civil num claro gesto de descontentamento do governo com a atuação de Herman. Cogita-se que irá para o ITA.

Se isso for confirmado, teremos uma disputa interna novamente pela Secretaria da Educação e tudo indica que os empresários tenham se fortalecido nesta segunda gestão de Alckmin o suficiente para colocar um Secretário que seja da confiança do empresariado que cerca a educação paulista.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Reorganização escolas em São Paulo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Suspensa a reorganização em SP

  1. Concordo plenamente, professor Luiz Carlos, o governador, perdendo na opinião píblica, “recuou a tropa, para se reposicionar”. E a tática principal ele já anuncio.: Dividir, “discitindo escola por escola”. Foi uma vitória importante dos estudantes, só que parcial. Importante agora é se manter mobilizados , (o governador está esperando a desmobilização), tem qe aproveitar esse período para aprofundar o debate com a sociedade sobretudo com os pais dos estudantes, que é quem estará em disputa pelo governador para conversê-los que a reorganização é pela qualidade da educação. Avantes companheiros, vocês nos ensinaram a velha lição que parace termos esquecido: A organização e a luta são nossos principais instrumentos.

  2. Concordo plenamente, professor Luiz Carlos, o governador, perdendo na opinião píblica, “recuou a tropa, para se reposicionar”. E a tática principal ele já anunciou.: Dividir, “discitindo escola por escola”. Foi uma vitória importante dos estudantes, só que parcial. Importante agora é se manter mobilizados , (o governador está esperando a desmobilização), tem que aproveitar esse período para aprofundar o debate com a sociedade sobretudo com os pais dos estudantes, que é quem estará em disputa pelo governador para convencê-los que a reorganização é pela qualidade da educação. Avantes companheiros, vocês nos ensinaram a velha lição que parace termos esquecido: A organização e a luta são nossos principais instrumentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s