TCM reprova creches paulistanas

O Tribunal de Contas do Município de São Paulo auditou as creches conveniadas que Doria quer agora ampliar. Convênios com entidades sempre foram feitos para desafogar a demanda nas creches e pré-escolas. De emergencial, agora vão virar política pública na gestão Doria, comprometida com a privatização da educação.

Uma auditoria do TCM revela que os mesmos problemas apontados na privatização da educação nos Estados Unidos estão presentes na rede do município paulistano.

“Na visita do TCM a uma amostra de 20 unidades conveniadas, 25% não tinham espaço de refeitório adequado. Mais de um terço desses prédios não tinham janelas e sacadas na altura ideal e redes de proteção. Mesma proporção não tinha livros infantis em quantidade mínima ideal.”

A Folha de São Paulo também fez visitas às escolas:

“Os profissionais pediram que as unidades não fossem identificadas, por medo de represália. Eles não são concursados e recebem salários menores que aqueles ligados à prefeitura –a diferença varia de 45% a 55% entre professores e chega a 60% para diretores e coordenadores.”

A auditoria do TCM também mostra que a proporção de alunos por professor é próxima do dobro na rede conveniada, com quantidades acima das previstas na legislação.

A resposta da Secretaria de Educação é protocolar, diz que vai cuidar do pedagógico aumentando o número de supervisores, criar comissões de controle etc… Mas as condições de trabalho continuarão as mesmas pois estão ligadas ao custo aluno que é repassado a estas ONGs.

Nada que a pesquisa já não tenha alertado e que os políticos por conveniência (e ideologia) não querem levar em conta. Inclusive o guru de Doria, que ele visitou recentemente, o magnata Bloomberg, fez o mesmo quando prefeito na Cidade de Nova York – incluindo ceder prédios públicos sem cobrar nenhum aluguel das ONGs, farra que foi eliminada pelo prefeito que sucedeu a Bloomberg.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Doria na Prefeitura de SP, Escolas Charters, Privatização e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s