USA: como o “núcleo comum” nacional foi construído

Lyndsey Layton, do Washington Post, entrevistou Bill Gates em 2014 e conta a história completa da origem dos Padrões “estaduais” do Common Core (CCSS), a base nacional comum americana que foi adotada pelos estados sob “incentivo” federal.

Diane Ravitch escreve:

“O ex-secretário de Educação Arne Duncan e outros defensores do CCSS insistem que os padrões foram desenvolvidos pelos governadores, superintendentes estaduais, especialistas em educação e professores. Mas não, eles foram desenvolvidos por David Coleman, ex-McKinsey, agora CEO do College Board, e um comitê cujos membros não incluíam professores, mas um conjunto completo de especialistas em testes do ACT e SAT. Coloque no Google “David Coleman” e “architect” e você verá que ele é amplamente creditado por acompanhar o CCSS até a sua conclusão. Isso não teria acontecido sem o apoio e financiamento entusiásticos de Bill Gates.”

Leia o artigo de Layton aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Meritocracia, Privatização, Responsabilização/accountability e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s