Ximenes: mobilização #SemAulaSemNota

Salomão Ximenes, professor da Universidade Federal do ABC (UFABC), apresenta nesta entrevista a mobilização #SemAulaSemNota, que tem crescido nas redes sociais para chamar a atenção sobre como a avaliação tradicional não leva em consideração o contexto da pandemia.

“Um dos principais temas discutidos por entidades, comunidade escolar e pesquisadores da área de educação é a aplicação de avaliações valendo nota, além da continuidade do ano letivo dentro do contexto da pandemia. Ambas as temáticas têm trazido incertezas e deixado expostas as desigualdades entre os estudantes brasileiros.”

“A campanha #SemAulaSemNota e o manifesto que a fundamenta, assinado por 30 redes e entidades da educação e com o título ‘O Ensino Não Presencial e o Aumento das Desigualdades Educacionais: ninguém pode ser excluído!’ – têm essa preocupação quanto ao fato de que boa parte dos sistemas de ensino, ao dar continuidade às atividades letivas de forma não presencial, manteve também praticamente inalterado o calendário de avaliações aplicadas tanto aos estudantes quanto às escolas.”

Acesse a entrevista aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Enem, Ideb, Meritocracia, SAEB, Saresp, Segregação/exclusão e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s