Hungria transfere universidades para fundações

A Hungria, administrada pela extrema direita de Orbán, transfere 11 universidades (que atendem a 70% dos estudantes de ensino superior do país) para fundações. Qualquer semelhança com o Future-se brasileiro, não é mera coincidência. A reportagem é do Estadão. Com a transformação, os ativos são doados a fundações e o dinheiro público passa a ser administrados pelos conselhos destas, com repercussões nos temas de pesquisa e enfoques adotados.

Leia aqui.

Leia também aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Privatização e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s