NYC: sem opção

Nos Estados Unidos há uma lei que permite que os pais decidam se seus filhos devem ou não realizar os testes oficiais, conhecida como “opt out”. Pais que indicaram que seus filhos não deveriam fazer tais testes estão sendo pressionados na Cidade de Nova York.

“Vários pais cujos filhos boicotaram os testes [na Cidade de Nova York] nesta primavera se queixaram de que seus filhos estão sendo retidos e obrigados a ir para a escola de verão, apesar das recomendações de seus professores para que eles fossem promovidos para a série seguinte.”

Laboratório das políticas públicas dos reformadores empresariais conduzidas pelo Prefeito Bloomberg (o magnata das comunicações), somente 22% da população quer a continuidade da política educacional aplicada por ele.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Responsabilização/accountability e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s