Argentina: coisa de gente grande

A Argentina universaliza ensino superior e revoga vestibulares de ingresso. A reforma na “Lei de Educação Superior” extingue os exames de acesso às universidades e garante a gratuidade dos cursos nas instituições públicas.

Segundo o jornal “La Nación”, o artigo 7 da nova lei institui que “todas as pessoas que aprovem a educação secundária podem ingressar de maneira livre e irrestrita na educação superior”. A lei afirma ainda que é responsabilidade do Estado financiar, supervisionar e fiscalizar as universidades nacionais, além de fiscalizar e supervisionar as instituições privadas. Ficam proibidas taxas, impostos, tarifas ou qualquer outra forma de cobrança nas instituições públicas.

Por outro lado, cada universidade poderá definir os requisitos que devem cumprir os estudantes para serem considerados alunos regulares.

Nada de ENEM digital ou MercaFlix.

Leia mais aqui.

Leia aqui também (em espanhol).

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Argentina: coisa de gente grande

  1. Smith disse:

    Com 30 milhões de habitantes, não é tão difícil…
    Vai fazer isso com 200 milhões… Aí o buraco é mais embaixo!

    • Sim, mas os recursos são proporcionais ao tamanho do pais. Maiores têm, ou deveriam ter, mais recursos. A questão não é esta. É de filosofia. A área andina tem muito mais janela na questão da educação, basta ver quando foram fundadas as primeiras universidades nestes países.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s