Fini: os planos do INEP

Em entrevista à Globo, Maria Ines Fini, presidente do INEP, apresenta seus planos para este órgão:

“A ideia é a fortalecer as equipes internas ainda mais, para aprimorar os sistemas de coleta de informação. Temos importantes parcerias com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a Unesco e outros organismos internacionais que reúnem estatísticas e permitem compará-las. Temos grandes lições para aprender com trabalhos internacionais e vamos ter agora o impacto da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC, em fase final de desenvolvimento), o que tem um significado muito amplo, porque só podemos avaliar aquilo que é ensinado. A partir da base, vamos ajustar nossas referências de avaliação.”

Sobre a avaliação de professores, disse:

“Temos dispersos mais de 20 programas de formação de professores, alguns até associados a bolsas. O que está se fazendo agora é um grande esforço de unificar esses programas, até pela discussão sobre a Base, que dará clareza sobre o que o aluno tem o direito de aprender em cada série e ciclo. E teremos, então, uma linha de formação de professores em função dessa Base. Antes da avaliação, a formação.”

A entrevista também aborda as limitações atuais do ENEM.

Leia a entrevista toda aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s