Matemáticos da SBM apoiam a MP 746

Em nota tímida a Sociedade Brasileira de Matemática apoia a MP746 da reforma do ensino médio. A nota reclama aqui e acolá que a MP “não aponta orientações” complementares. Ora, uma MP não faz isso mesmo. É o MEC que o fará depois.

Em vários momentos a nota ameaça fazer uma crítica, mas recua e em outros ainda é francamente favorável. Veja alguns trechos abaixo.

“A implementação de um novo modelo de Ensino Médio, prevista no Plano Nacional de Educação (PNE), é urgente, e a discussão sobre o tema, ainda que possa ser considerada insuficiente, não é nova. De fato, é inegável que o modelo vigente não atende as necessidades do país nem as aspirações dos jovens brasileiros.”

“Certamente, o caminho ideal para a implementação dessa reforma não seria por medida provisória. Tampouco a maioria dos problemas existentes será resolvida pela reforma proposta na Medida Provisória 746, de 22 de setembro de 2016. No entanto, é inegável que entre as principais causas da falência do Ensino Médio encontra-se na rigidez do modelo atual, que contrasta com a flexibilidade dos sistemas educacionais correspondentes a níveis equivalentes de escolaridade nos países mais bem-sucedidos. A proposta de reforma sustentada pela MP 746/2016 aponta para um avanço substancial nesse sentido.”

“A importância da BNCC tem sido consenso entre os diversos atores e segmentos da educação, além de acompanhar o movimento realizado por outros países com o objetivo de reduzir as desigualdades educacionais e melhorar a qualidade da educação como um todo (Por exemplo, Austrália, Chile, Estados Unidos e Reino Unido estabeleceram recentemente uma base curricular nacional.). A Sociedade Brasileira de Matemática tem participado ativamente dessa discussão, defendendo o entendimento de que a existência de um currículo mínimo nacional promove equidade e uma melhor organização dos diversos sistemas educacionais.”

Veja a íntegra da nota aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Mendonça no Ministério. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Matemáticos da SBM apoiam a MP 746

  1. João Silva disse:

    Espero que a SBEM (Sociedade Brasileira de Educação Matemática) se pronuncie também, pois atualmente as políticas educacionais relacionadas à Educação e o Ensino da Matemática estão na mão da SBM, que fez o desfavor de criar o Profmat, que não forma nem um bom matemático e nem um bom educador matemático.

  2. Fatima morais disse:

    Gostaria de entender de que avanço a sociedade esta se refererindo, onde ele ocorre e por que? A rigidez do sistema limita o aprendizado da matematica? Pergunto: e o sistema ou sao os metodos que dificultam? Sera que precisava de uma reforma nos moldes da pec 746 de urgencia? Que aprova urgencia na educaçao nao tem interesse real interesse no seu desenvolvimento. Penso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s