Filosofia e Sociologia: estudo ainda não publicado exige cautela

O estudo pretende mostrar que a introdução da Filosofia e Sociologia obrigatórias no ensino médio derrubou as notas de matemática. No entanto, as conclusões do estudo foram adiantadas pela Folha de São Paulo sem que ele tenha sido ainda publicado, o que impede que a comunidade científica tenha uma ideia precisa da metodologia usada e das conclusões retiradas.
Até que o estudo esteja disponível e possa ser analisado independentemente, recomenda-se que não se tomem decisões de política pública referentes ao tema proposto no estudo e se considerem suas conclusões sujeitas a confirmação de análise independente.

Leia matéria da Folha aqui.

Sobre os autores do estudo:

Adolfo Sachsida
Possui doutorado em Economia pela Universidade de Brasília (2000). Realizou seu pós-doutorado com o professor Walter Enders na University of Alabama. Lecionou Economia na University of Texas – Pan American e foi consultor short-term do Banco Mundial para Angola. A convite da Japan International Cooperation Agency (JICA), visitou o Japão para um intercâmbio com experts japoneses sobre modelagem macroeconômica. Tem experiência na área de Macroeconomia, com ênfase em modelos econométricos. Publicou vários artigos nacional e internacionalmente, sendo, de acordo com Faria et al (2007) um dos pesquisadores brasileiros mais produtivos na área de Economia. É um dos diretores do IPEA.

Thais Waideman Niquito
Doutora em Economia Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2015). Entre 2009 e 2015 atuou como economista de Análise de Conjuntura na Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul. Professora da Universidade do Estado de Santa Catarina, com ênfase nas áreas de Métodos Quantitativos e Macroeconomia.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Links para pesquisas e marcado . Guardar link permanente.

4 respostas para Filosofia e Sociologia: estudo ainda não publicado exige cautela

  1. Valentino Ruy disse:

    Segundo a Carta Capital, Adolfo Saschida é consultor econômico do pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro.

    • Não tenho está informação. Ha sites que dizem que ele deixou esta equipe. Mas a questão neste momento é mais técnica do que política. Nos interessa agora a saúde desta pesquisa, em especial sua metodologia.

  2. Marlon da Costa Guimarães disse:

    Considero que mesmo com informações frágeis, dá pra tirarmos, pelo menos, uma conclusão: a Sociologia e a Filosofia e seus respectivos professores foram definidos como adversários a serem combatidos.

    Sendo assim, é preciso olhar para o mesmo recorte que esses “reformadores” olham: quais são as disciplinas que concentram maior resistência docente, que conquistaram maiores vitórias nos últimos tempos, e que, portanto podem criar mais problemas para a implantação da BNCC? A resposta, nós já sabemos.

  3. Leila disse:

    Bom, só acho uma enorme coincidência essa pesquisa ser divulgada pela Folha no mesmo instante em que uma solicitação ao Senado para apreciação da inclusão dessas áreas como disciplina obrigatória no Ensino Médio já ter ultrapassado a quantidade de 18 mil apoiadores (são necessários 20 mil para a solicitação ser considerada).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s