DF: escolas cívico-militares podem voltar a ter aula

Assine abaixo assinado dos pais de estudantes que cursam escolas cívico-militares e que se organizaram para impedir a volta às aulas. (Assine aqui.) A hipótese de voltar a ter aulas assustou a comunidade escolar e um abaixo assinado on line foi criado para barrar a ideia.

Diz o abaixo assinado:

“É de conhecimento público que ainda não se identificou o ápice da curva epidemiológica e, por tal razão, é prudente que seja dada a atenção devida às medidas de prevenção.

De repente, ouvimos, nesta segunda-feira (20/04), entrevista do governador do Distrito Federal declarando “no meu caso, eu vou me reunir com minha equipe técnica, ver o que é necessário. Só nas escolas cívico-militares do Distrito Federal, eu tenho cerca de 14 mil alunos, mais os das escolas dos bombeiros e da Polícia Militar.” A declaração foi dada após, segundo o governador Ibaneis Rocha, ter ouvido do presidente Jair Bolsonaro que sugeriu a reabertura das escolas militares e cívico-militares já na próxima segunda-feira (27).

O governador disse, ainda, que vai avaliar a ideia com a equipe técnica, mas que ela “pode ser um bom teste”. Submeter CRIANÇAS a um TESTE não se mostra uma forma adequada de se aferir o grau de avanço de uma doença letal. Alternativas ao ensino presencial estão sendo adotadas tanto no ensino público, quanto no ensino privado, é uma novidade que está em desenvolvimento, sabemos, mas neste período excepcional é a ferramenta mais segura de que dispomos.

Pais, Alunos, Familiares, Educadores e toda Comunidade Escolar das Escolas dos Bombeiros, da Polícia Militar e Escolas Cívico-Militares do Distrito Federal, solicitam ao governador do Distrito Federal que mantenha a suspensão das atividades educacionais até o dia 31/05/2020, nos exatos termos do Decreto nº. 40.583, de 01/04/2020, garantindo desta maneira e, sem margem de dúvida a proteção à saúde de nossas crianças, evitando o risco de contágio dos familiares, sobretudo os de idade mais avançada e, com isto, proporcionando ao Sistema de Saúde Pública as condições necessárias ao acolhimento e tratamento digno e humanizado à população do Distrito Federal.”

Assine aqui.

Leia mais aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Militarização de escolas, Weintraub no Ministério e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para DF: escolas cívico-militares podem voltar a ter aula

  1. Pingback: DF: escolas cívico-militares podem voltar a ter aula – Grupo de Estudos e Pesquisa em Avaliação e Organização do Trabalho Pedagógico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s