Modelo chileno em crise

O modelo de reforma educacional mais badalado pelos reformadores empresariais está em crise há anos. É um dos que mais segregam no mundo.

“Milhares de estudantes chilenos dos ensinos médio e universitário participaram nesta quinta-feira de uma passeata no centro de Santiago que terminou com violentos confrontos entre os manifestantes e a polícia.

A manifestação, convocada por alunos de instituições privadas, foi a primeira mobilização do ano com uma ampla afluência de estudantes, que pretendiam voltar a pôr na agenda sua reivindicação de uma mudança profunda no sistema educacional do país.” Leia aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Privatização e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s