RJ: PM retira professores

Um professor do Rio de Janeiro, em greve, escreve:

“Estamos lutando contra política de bonificação e a meritocracia na educação pública, pois tememos que o Brasil, especialmente, o Rio de Janeiro vire um Chile ou México. Hoje quem manda na educação carioca é o Banco Mundial, perdemos nossa autonomia pedagógica, sequer podemos escolher os conteúdos a serem trabalhados com os alunos. Tudo gira em torno das Avaliações Externas, pois o argumento do governo é que a greve vai prejudicar os alunos que irão fazer o Enem.”

Leia aqui como a PM retirou professores em greve das dependências do governo.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Meritocracia e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s