Privatização avança pelos municípios

O município de Santos no Estado de São Paulo aprovou o repasse de recursos da Saúde para organizações sociais administrarem a estrutura pública da cidade.

“Mesmo com forte pressão dos servidores contrários a decisão, os vereadores de Santos aprovaram, nesta segunda-feira (16), o projeto de lei de autoria do prefeito Paulo Alexandre Barbosa que permite o gerenciamento de equipamentos públicos municipais por organizações sociais (OSs)
O projeto teve 14 votos a favor, 5 votos contrários e uma abstenção. A sessão extraordinária desta tarde teve duração de 1h30 e foi interrompida por pelo menos duas vezes. Um dos momentos mais tensos foi a queda de um manifestante na plenária.”

Veja matéria completa aqui.

Se é possível na saúde, por que não na educação?

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Privatização. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s