Ex-diretor denuncia escola charter americana

Todd A. Dupell, ex-diretor de uma escola charter americana, processou seu ex-patrão alegando que ele foi injustamente demitido como diretor em agosto passado depois que ele se queixou ao presidente do conselho de que a escola charter que ele administrava faturava do governo como se as crianças do jardim da infância ficassem na escola em período integral, mas de fato não ficavam nela o dia inteiro.

Além disso, o ex-diretor ainda denunciou que a escola foi tomada pelo nepotismo, pois vários dos postos administrativos eram preenchidos por filhos de membros do conselho. Além disso, a esposa de um ex-membro do conselho recebia cerca de 80 mil dólares por um trabalho inexistente, pois do contrário “o seu marido poderia “fazer barulho”. Dupell também alegou que a charter estava violando lei estadual porque não estava fornecendo serviços necessários para os alunos migrantes, aprendizes de inglês.

Veja mais aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Escolas Charters, Privatização, Reforma e Fraudes, Responsabilização/accountability e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Ex-diretor denuncia escola charter americana

  1. Sonia Jaboti disse:

    Lá como cá as coisas são puro interesse individual. Qdo. se trata do coletivo se é excluído.

    Em 14 de fevereiro de 2016 16:49, “AVALIAÇÃO EDUCACIONAL – Blog do Freitas”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s