MEC silencia ausência de educadores na premiação

O Ministério da Educação omitiu a ausência de dois educadores na premiação Anísio Teixeira referente à educação básica – Dermeval Saviani e Carlos Roberto Jamil Cury. Eles se recusaram a participar da cerimônia no MEC, sob a presidência do Ministro da Educação.

Veja aqui.

Os homenageados na modalidade de educação superior foram Malaquias Batista Filho, Jorge Almeida Guimarães, Helena Bonciani Nader, Adalberto Luis Val, Márcia Cristina Bernardes Barbosa e Roberto Cláudio Frota Bezerra.

Representando a educação básica, foram agraciados os acadêmicos Bernardete Angelina Gatti, Magda Becker Soares, Marcelo Miranda Viana da Silva, Carlos Roberto Jamil Cury, Dermeval Saviani e Antonio Cardoso do Amaral.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Mendonça no Ministério. Bookmark o link permanente.

6 respostas para MEC silencia ausência de educadores na premiação

  1. Maria Ângela disse:

    Gatti foi?

  2. Pingback: MEC silencia ausência de educadores na premiação | A Estrada Vai Além Do Que Se Vê

  3. Adelaide Ferreira Coutinho disse:

    Não me surpreende a postura política dos dois educadores, pois é impossível falar-se de História da Educação no Brasil sem que se faça referência a ambos.
    Os dois educadores, SAVIANI e CURY, além de nos honrarem com uma vasta obra dedicada à defesa da educação pública, gratuita e com qualidade social (não aquela à serviço do capital) são militantes e têm, historicamente, se dedicado à causas importantes como a luta em prol da escola pública, em todos os níveis, no processo de elaboração e aprovação das LDBs, formulando projetos e propostas que deram origem a leis importante para a educação nacional – ainda que não sejam, até então, as leis que se queriam.
    Ressalta-se ainda, a contribuição intelectual de ambos para as reflexões no âmbito dos movimentos sociais – que lutam pela escola pública – entre as quais a luta camponesa Por uma Educação do Campo. Assim, não se esperava outra atitude desses lutadores pela causa da educação, dentro e fora da academia. Para muitos de nós, constituem-se referenciais teóricos importantes para que formulemos um pensamento crítico contrário á logica que move o sistema do capital.

  4. João Lopes Pereira disse:

    Parabéns aos dois defensores de uma educação de qualidade para todos os brasileiros. Seria uma mancha na história dos ilustres defensores da educação, compactuar com essa hipocrisia golpista colocada por pessoas que não entendem nada de educação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s