Luta pelo controle acionário de empresas educacionais

O campo educacional torna-se cada vez mais um lugar de disputas entre grandes corporações cujo objetivo central é a valorização do dinheiro e não o desenvolvimento de finalidades educacionais. Na verdade, as finalidades educacionais são subordinadas às de valorização do dinheiro dos acionistas.

A Estácio, gigante que opera no Brasil na área do ensino, está sendo disputada pela gestora americana de private equity Advent e o empresário Chaim Zaher. A notícia foi dada pela cadeia de notícias Valor.

Leia aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Privatização e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Luta pelo controle acionário de empresas educacionais

  1. Pingback: Luta pelo controle acionário de empresas educacionais | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s