“Um sabotador no comando”: por F. O’Toole

Em artigo no New York Review of Books, “Saboteur in Chief”, Fintan O’Toole comenta o livro de Michael Lewis, The Fifth Risk, sobre os perigos da administração Trump. Segundo Fintan, ao invés de deter-se em características mais superficiais, Lewis faz uma análise das ameaças mais profundas que ele representa. Talvez possamos já ir aprendendo algo.

Para Fintan, a retórica de que o Estado não é a solução mas, sim, o problema e que ele é somente “um pântano a ser drenado”, leva as pessoas a querer destruí-lo.

“E se é isso que você quer fazer, então os aspectos de Trump que mais parecem fraquezas políticas – sua ignorância e incompetência – não são fraquezas. Eles são armas poderosas de destruição administrativa. A melhor maneira de minar o governo é torná-lo tão estúpido e inepto quanto sua retórica sempre afirmou que ele é.”

Leia aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s