Professores de Denver preparam para greve

A revolta dos professores americanos que cresceu desde 2018, continua. Agora são os professores de Denver que acabam por votar para começar uma greve em 28 de janeiro. Los Angeles nesta última semana parou por seis dias e obteve grandes avanços contra a política da reforma empresarial, a mesma que atinge Denver. Há 25 anos não há uma greve em Denver. A greve tem o apoio de 93% dos professores.

“Os professores de Denver concordaram com uma greve”, disse Rob Gould, principal negociador do sindicato, em uma coletiva de imprensa na terça-feira. Gould relatou que 93% dos membros haviam votado para avançar com os planos de greve.

Uma questão central é o plano de remuneração por mérito de Denver, conhecido como ProComp, em vigor desde 2005.

 “O pensamento era que, se você pagasse mais a professores bem-sucedidos, teria mais professores bem-sucedidos. Exceto que esses gênios não tinham nenhuma pista sobre todos os fatores que influenciam o sucesso do ensino e da aprendizagem, os quais não são afetados por uma troca financeira.

Em vez disso, em Denver, criaram um sistema de vencedores e perdedores, com alguns professores recebendo mais e alguns recebendo menos sem uma explicação clara de como isso era determinado.”

Leia aqui.

Leia também aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Avaliação de professores, Links para pesquisas, Meritocracia, Responsabilização/accountability e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s