Los Angeles: greve é vitoriosa

Depois de seis dias de greve, 33.000 professores através de seu sindicato (UTLA) conseguiram uma grande vitória em Los Angeles que inclui, entre outros aspectos:

  • Limitar a privatização por escolas charters, elas retiram financiamento das escolas públicas.
  • Aumento do financiamento da educação pública.
  • Uma redução imediata de 7 alunos nas turmas de matemática e inglês nas escolas secundárias, junto com a completa eliminação de dispositivo que anteriormente permitia que o distrito ignorasse unilateralmente todas as médias e limites de tamanho de classe, por razões econômicas.
  • 6% de reajuste salarial para os professores.
  • Redução dos testes de aprendizagem em 50%.

O acordo ainda será votado pela categoria, mas o sindicato está indicando sua aprovação.

Veja todo o acordo aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Meritocracia, Privatização, Responsabilização/accountability e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s