Ratier: o Manual das Escolas Cívico-Militares

Rodrigo Ratier informa que o site “Fiquem Sabendo” divulgou o Manual das escolas cívico-militares (346 pgs.) que segundo o MEC foi construído democraticamente. Ele é o guia para as escolas militares e está sendo distribuído às Secretarias que aderiram ao programa.

Segundo Ratier, a recorrência de termos no documento dá pistas das inclinações e intenções:

“De um lado: disciplina (127 aparições), uniforme (115), respeito (81), transferência compulsória (sinônimo para expulsão, 17), civismo (13), cabelo (12), bandeira (11). De outro: pobreza (0), democracia (1), gênero (1, mas alimentício), racismo (2), desigualdade (3, nunca a social), justiça (5).”

Leia análise do manual aqui no Blog de Ratier.

No post há também um link para baixar o manual.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Militarização de escolas, Segregação/exclusão, Weintraub no Ministério e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s