Auxílio Brasil: desfinanciamento da rede pública por vouchers

Uma das táticas para destruir o sistema público de educação é asfixiá-lo. Para isso inicia-se um processo de desfinanciamento das redes públicas e simultaneamente incentiva-se a criação de um mercado educacional com o repasse dos recursos antes destinados a fortalecer o ensino público, agora, destinados para criar mercado e fortalecer as redes privadas – sejam empresários, sejam escolas religiosas.

O governo federal editou MP e estabelece, no Programa Auxílio Brasil, os vouchers para a educação infantil. O governo não vai mais repassar recursos para as prefeituras destinados à educação infantil: um voucher vai pagar diretamente as creches privadas (sem ou com fins lucrativos e também as religiosas) da educação infantil.

Os neoliberais – adoradores de vouchers – querem com eles criar mercado educacional, pois confiam sempre que isso gera qualidade – mesmo que isso não ocorra de fato – é crença e não ciência. Os conservadores aprovam a ideia por outro motivo: eles esperam, com isso, acessar diretamente recursos públicos e fazer crescer o parque de escolas ligadas a entidades religiosas que em sua proposta ideológica tem a função de proteger os valores da “grande tradição”.

Na discussão do FUNDEB estas questões apareceram. Voltaram.

Leia aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Escolas Charters, Links para pesquisas, MEC sob Bolsonaro, Pastor Milton no MEC, Privatização, Vouchers e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s