USA: motivação dos professores continua despencando

Saiu o resultado da pesquisa Metlife que examina a satisfação dos profissionais da educação na escola em 2012.

Um exame do estudo pelo NEPC conclui que as políticas que estão em voga minam o profissionalismo do professor. Estas políticas baseiam-se em avaliação do professor baseada em testes de alunos, certificação rápida da preparação do professor e o uso de materiais curriculares com foco limitado.

De acordo com os recentes resultados de pesquisa MetLife, a satisfação no trabalho do professor caiu consideravelmente ao longo dos últimos doze anos nos Estados Unidos. Ao contrário do que se tem dito, o estudo mostra que estas políticas têm o provável efeito oposto, ou seja, apontam para a desprofissionalização dos professores e do ensino.

Encontre o relatório de Richard Milner Policy Reforms and De-professionalization of Teaching aqui

 A pesquisa MetLife está aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Avaliação de professores, Links para pesquisas, Responsabilização/accountability e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para USA: motivação dos professores continua despencando

  1. mariza felippe disse:

    Isto significa dizer que as políticas públicas educacionais brasileiras vão no mesmo rumo…..uma vez que temos assistido aqui a cópia (resguardando as devidas proporções) desse modelo falido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s