USA: ranqueamento do IMPACT contém erros

Valerie Strauss divulgou hoje erros encontrados no ranqueamento dos professores de Washington, feito por cálculo de valor agregado. Pelo menos 35% dos salários dos professores está baseado nestes resultados – já foram 50% nos tempos da reformadora empresarial Michelle Rhee. Ela inventou este sistema de avaliação de professores que é conhecido com o nome de IMPACT.

Já escrevi sobre ele aqui. O Secretário de Educação do Rio, Risolia, estava testando o sistema com os professores no Estado.

Vejamos o que está ocorrendo lá pela matriz que já usa o sistema desde 2009:

“Erros foram encontrados na forma como algumas avaliações dos professores foram feitas no período 2012-2013, de acordo com uma carta do presidente do Sindicato dos Professores de Washington, Elizabeth A. Davis, para a Secretária de Educação de Washington DC  Kaya Henderson.

Não está claro quantos professores estão envolvidos ou qual a gravidade dos erros, mas o sindicato está pedindo à Secretária para obter informações sobre os erros que foram encontrados por Mathematica Policy Research, um parceiro do sistema escolar. Os erros foram encontrados em pontuações de “valor agregado” individual dos professores, que são calculados através de uma fórmula complicada, que inclui o resultado de testes padronizados dos estudantes. Esta fórmula “VAM” é parte do sistema de avaliação chamado IMPACT, iniciado pelo ex-secretária Michelle Rhee, em 2009. Henderson, sucessora de Rhee, continuou com o sistema IMPACT, embora este ano, ela tenha reduzido a quantidade de peso dado a estes testes de 50 por cento, para pelo menos 35 por cento.”

Não sei como anda o ensaio de Risolia com este sistema IMPACT, mas é preciso que o sindicato desconfie dos ranqueamentos se eles estão existindo. Contratem estatísticos, exijam a divulgação dos microdados dos testes e das fórmulas usadas. Recalculem – encontrarão variações. Como já divulgamos aqui inúmeras vezes, a fórmula de valor agregado é instável.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Avaliação de professores, Links para pesquisas, Meritocracia, Responsabilização/accountability. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s