ANFOPE questiona a BNCC

A Associação Nacional pela Formação dos Professores da Educação – ANFOPE – divulgou a Carta de Vitória na qual questiona a Base Nacional Curricular. Diz:

“As versões da BNCC, até agora apresentadas, não asseguram os princípios garantidos pela Constituição Federal (1988), pela LDB (1996) e pelas metas e estratégias do PNE (2014-2024), e ameaçam o pluralismo de ideias e concepções politico-pedagógicas, a valorização das experiências em espaços não escolares e a formação para a cidadania; assim como a formação e a valorização dos profissionais da educação. Além disso, não estimulam a gestão democrática, a pesquisa, o trabalho como principio educativo, fragilizando a autonomia da comunidade escolar − professores, estudantes, trabalhadores e pais − na elaboração do projeto político pedagógico curricular da escola.”

Baixe a íntegra da carta aqui.

O documento ainda afirma acertadamente que:

“Entendemos que a BNCC, com sua ênfase no conteudismo, disciplinarização e controle, também promove a mercantilização da educação, reduzindo a avaliação a processos externos de controle baseados em resultados para o ranqueamento de instituições, a adoção de sistemas de bonificação e a responsabilização de professores sobre o desempenho de estudantes. Esses condicionantes, provocam o esvaziamento e alienação do fazer docente, reforçando históricos processos de desvalorização dos profissionais da educação, e fragilizando, sobretudo, a formação, carreira e salários; assim como deslegitimando a escola como espaço de produção do saber, do ensino, da aprendizagem e da profissionalização docente.”

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Avaliação de professores, ENAMEB - Professores, Mendonça no Ministério, Meritocracia, Responsabilização/accountability e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para ANFOPE questiona a BNCC

  1. Olá prof. Luiz

    Duas informações sobre a BNCC

    Está no Diário Oficial de hoje: Ministério da Educação cria comitê para acompanhar discussão da segunda versão preliminar da Base Nacional Comum Curricular. http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp…

    Vale lembrar que o ministro Mendonça Filho tirou o ensino médio da BNCC. “Adianto aqui que o ensino médio será por ora retirado da discussão sobre o currículo nacional, que focará o ciclo fundamental”, disse à VEJA http://cliente.linearclipping.com.br/…/si…/m012/noticia.asp…

  2. Pingback: ANFOPE questiona a BNCC — AVALIAÇÃO EDUCACIONAL – Blog do Freitas – Jean Magno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s