Acredite, se quiser…

“Mas não há fórmula mágica na educação”, ressaltou Masset. “Não há intervenção nessa área que funcione igual para todos os lugares. Não há garantias que um programa da Colômbia funcionará no Brasil”, disse. Segundo ele, essa é uma especificidade da educação.”

“É importante ter uma avaliação rigorosa do impacto. Se o programa implementado é complexo, a avaliação também precisa ser, com a coleta de mais informação para a análise”, afirmou Carneiro.”

Ou seja, não adianta brandir os resultados do IDEB ou da Prova Brasil – um exame restrito de duas disciplinas da escola – para referendar políticas públicas, pois o mesmo vale para um país diverso como o nosso. São necessários estudos específicos e complexos já que as mudanças educacionais têm esta característica. Não adianta copiar políticas ou programas e encher de “gerentes”: não é só uma questão de avaliar e gerir.

O autor dos trechos iniciais em destaque, é Edoardo Masset, diretor adjunto de uma ONG internacional voltada para a promoção de políticas e programas de desenvolvimento baseados em evidência. Como ele é economista, diretor de ONG, é politicamente correto pois defende a tal de “política baseada em evidência”, e ainda é “internacional”, reúne todas as condições de credibilidade para convencer nossos atuais legisladores e executores de políticas das falácias em que estão se metendo. Mas, acho uma tarefa impossível até mesmo para ele.

Por aqui, o que funciona em Sobral, é o caminho para o Brasil.

Leia aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Mendonça no Ministério, Meritocracia, Privatização, Responsabilização/accountability. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s