BNCC: acesse apresentação V3 do MEC

Agora você pode baixar o powerpoint usado pelo MEC nas apresentações da versão 3 da BNCC. Não é o texto da base e sim uma apresentação conduzida durante a reunião mostrando as alterações.

Baixe aqui.

Como havia sido informado, a proposta inclui as “competências pessoais e sociais”, além de cognitivas e comunicativas. Nas competências pessoais e sociais, leia-se habilidades socioemocionais, são listadas:

 conhecer, apreciar e cuidar de si, do seu corpo e bem-estar, e reconhecer e gerir suas emoções e comportamentos, com autocrítica e capacidade de lidar com a crítica do outro e a pressão do grupo;

 exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos, a cooperação e o respeito;

 fazer-se respeitar e promover o respeito ao outro, acolhendo e valorizando a diversidade de indivíduos e de grupos sociais, sem preconceitos baseados nas diferenças de origem, etnia, gênero, orientação sexual, idade, habilidade/ necessidade, fé religiosa ou de qualquer outro tipo;

 agir pessoal e coletivamente com autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, tomando decisões com base em princípios éticos democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

Que a escola atente para isso, tudo bem. No entanto, na forma como se está conduzindo esta base, a sua função é “padronizar”, portanto, aí já não é bom. E dentro desta filosofia de BNCC, muito provavelmente, tais competências serão convertidas em processos de avaliação de larga escala, o que é péssimo.

Sobre isso, veja na área de TAGS, a tag “habilidades socioemocionais” na coluna à esquerda, na página inicial do Blog.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Links para pesquisas, Mendonça no Ministério, Responsabilização/accountability e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para BNCC: acesse apresentação V3 do MEC

  1. Atonio José Lopes disse:

    Más de lo mismo, não é a v3 e sim uma apresentação de intenções, provavelmente para uma plateia já acostumada a ver e ouvir coisas do tipo e principalmente a imprensa.
    Analisei a v2 de Matemática e não identifico muitas das ditas competências proclamadas, do mesmo modo que a leitura crítica, mesmo as cognitivas do tipo “exercitar a curiosidade intelectual, investigação, a análise crítica, a imaginação e a criatividade”.
    Também não consigo entender porque Matemática entra como Área de Conhecimento ou “percurso formativo”, é atípico (vide outros países) e de certo modo desproporcional no que se refere às conexões se tratado desta perspectiva isolada. Você teria uma explicação para esta opção de isolar a Matemática como área ?
    Tal isolamento se refletiu na escrita dos textos de Matemática da BNCC, tentem encontrar alguma conexão de natureza interdiscilinar para valer no texto, ou mesmo alguma referência a valores, temas transversais, etc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s