Maranhão: Decreto garante escola sem censura (atualizado)

MaranhaoEscolaSemCensuraFlávio Dino, governador do Maranhão, acaba de editar decreto que garante a livre expressão nas escolas estaduais. Em seu primeiro parágrafo diz:

“Todos os professores, estudantes e funcionários são livres para expressar suas opiniões no âmbito escolar da rede estadual do Maranhão”.

Baixe aqui página 1 e baixe aqui página 2 do decreto.

Um detalhe importante é que o decreto proíbe qualquer filmagem em sala de aula que não tenha sido autorizada pelo professor.  Qual outro governador se habilita a fazer o mesmo?

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais e marcado . Guardar link permanente.

4 respostas para Maranhão: Decreto garante escola sem censura (atualizado)

  1. Sandra Martins de Souza disse:

    Como professora aposentada de uma Colégio da rede Federal de Ensino e mãe de 2 professores do Ensino publico, é com vergonha que vejo estes ataques desferidos contra a Educação e os Educadores. É como se estivéssemos neste momento caindo nas trevas de tempo imemoriais. Nem a Ditadura teve tamanha ousadia. Praticamente nenhuma voz se levanta de forma mais contundente para conter o arbítrio.
    Não existe escola com ou sem partido. Existe escola democrática. E é por esta Escola Democrática que estamos lutando desde há muito tempo neste país desigual chamado Brasil. A atitude do governador Flávio Dino é justa, corajosa e imprescindível para este momento que passamos,

  2. AJLopes disse:

    Um detalhe importante no decreto é o que proíbe filmagens sem consentimento para professores e alunos.

  3. CARLOS NASCIMENTO disse:

    Todo educador, sejam pais ou professores deve correr o risco de ser questionado por seus educandos. Isso não deve significar uma afronta ou ameaça mas sim a certeza de que a condução do processo de educação está sendo democrática, havendo efetivamente uma troca de ideias e experiências. Assim se deve pensar sempre a escola como eixo de formação cidadã.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s