Crise no INEP: 29 coordenadores pedem exoneração

Há tempos que os servidores do INEP denunciam o descaso e a desordem administrativa no INEP. A crise agora atinge novo patamar quando 29 coordenadores solicitam conjuntamente exoneração de sua funções, faltando 13 dias para a realização do ENEM. Eles alegam fragilidade técnica e administrativa da atual gestão do INEP.

Leia mais aqui, aqui e aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Enem, MEC sob Bolsonaro, Pastor Milton no MEC. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Crise no INEP: 29 coordenadores pedem exoneração

  1. Heloisa Gentil disse:

    Desgoverno geral! Ou não se sabe para onde deveríamos ir ou se tem como propósito não ir a lugar algum. O desmonte dos setores ligados à educação é contínuo e levaremos muito tempo para reorganizar … triste situação!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s