Saudades

Postado originalmente na Uol em 7/08/2011

Protesto de estudantes no Chile termina com 874 presos e 90 policiais feridos

Dirigentes estudantis rejeitaram a proposta apresentada pelo governo de melhorar a educação no país

05 de agosto de 2011 | 16h 56

Estadão.edu

Os dirigentes estudantis chilenos confirmaram nesta sexta-feira a rejeição à proposta apresentada pelo governo de melhorias na educação e deram um prazo de seis dias para que fosse elaborado um novo plano “claro” e “sério” em atendimento às principais demandas do movimento. O Ministério da Educação descartou essa possibilidade e disse que enviará o projeto para a apreciação do Congresso.

Ontem, em mais um dia de protestos nas ruas da capital, Santiago, 874 manifestantes foram presos e 90 policiais ficaram feridos, segundo o subsecretário do Interior do Chile, Rodrigo Ubilla. Pela manhã, alunos do ensino médio, universitários e professores ergueram barricadas em 12 pontos da cidade para reivindicar qualidade e gratuidade no ensino chileno.

Continue lendo em:

http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,protesto-de-estudantes-no-chile-termina-com-874-presos-e-90-policiais-feridos,754717,0.htm

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Postagens antigas da UOL, Privatização e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s