Crise na educação infantil americana

Postado originalmente na Uol em 5/10/2010

Como os testes estão afetando a educação infantil nos Estados Unidos? Um relatório da Alliance for Childhood mostra o problema com base na cidade de Nova York e Los Angeles.

Entre os problemas encontrados estão:

– Na educação infantil as crianças estão passando duas e três horas sendo ensinadas e testadas em alfabetização e matemática e somente têm 30 minutos ou menos de tempo para brincadeiras ou jogos.

– Testes padronizados são agora uma atividade diária, apesar de inadequação destes para crianças com menos de oito anos de idade.

– Materiais destinados a apoiar brincadeiras e jogos estão desaparecendo das escolas e em muitas delas já não há mais tempo para estes, dizem os professores.

– Há uma clara antecipação da escolarização normalmente exigida na primeira série do primeiro grau.

O relatório chama-se Crise na Educação Infantil: por que as crianças necessitam brincar na escola.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Avaliação na Educação Infantil, Links para pesquisas, Postagens antigas da UOL, Responsabilização/accountability e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Crise na educação infantil americana

  1. Tânia Maria da Silva disse:

    Muito bom o texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s