Chile: estudantes reagem à privatização

Tal como na matriz, USA, no Chile 50 mil estudantes voltam às ruas contra a privatização da educação pública. Não deve passar em branco, aos políticos brasileiros, que os dois países que mais privatizaram e adotaram as teorias de responsabilização da escola e do professor estejam hoje sob fogo cruzado dos jovens, estudantes e pais de alunos.

Veja matéria aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Privatização, Responsabilização/accountability e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s