Aécio: privatização da educação?

Samuel Pessoa defende na Folha de São Paulo a Universidade paga. Samuel Pessoa é membro da equipe que está elaborando o programa da candidatura do PSDB que oficializou Aécio Neves. Diz a notícia:

“O time que formulará o capítulo econômico, um dos mais sensíveis para o debate eleitoral, tem à frente o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, mas Aécio também tem destacado colaborações dos economistas Mansueto Almeida, Samuel Pessoa, José Roberto Mendonça de Barros e Edmar Bacha, um dos formuladores do Plano Real.”

Logo, a ideia da Universidade pública paga faz parte do horizonte da equipe do candidato.

No mesmo texto, Samuel Pessoa defende que a educação fundamental não seja paga. Certo, mas não é o que pensamos. Ocorre que para o entendimento deles educação fundamental pública inclui alternativas de pagamento por vouchers e a terceirização da gestão da escola, coerente com a ideia de privatização por concessão.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Privatização. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s