Lendas

Um argumento costumeiramente usado pelos empresários afirma que quando um país vai mal nos testes nacionais ou internacionais que pretendem avaliar a qualidade da educação, isso significa que o aumento da produtividade deste país está em risco. Pregam pela mídia que o pais corre perigo, que haverá estagnação e perda de competitividade global.

Foi assim que os empresários americanos “aterrorizaram” seu país por mais de três décadas. Como o leitor poderá conferir, isso não tem nenhuma evidência empírica. Um estudo recém divulgado em agosto de 2014 mostra como a produtividade americana cresceu quase 400%, é praticamente o líder mundial de produtividade, e as avaliações dos estudantes americanos nos testes nacionais e internacionais não tem variação superior a 10%. Diz o estudo:

“Internacionalmente, os estudantes dos EUA têm classificação abaixo dos países com maior pontuação no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA) em leitura e matemática. Mas comparações internacionais de dados econômicos indicam que os Estados Unidos continuam a ser um líder econômico.”

Se a produtividade americana dependesse dos resultados dos estudantes americanos no PISA, o país estaria quebrado. No entanto, a produtividade americana é referência para o cálculo de produtividade dos outros países, é considerada 100%.

São lendas que alguns economistas gostam de alimentar para justificar o assalto aos cofres públicos, abrindo-os para a iniciativa privada, a título de melhorar a qualidade da educação. A produtividade brasileira é baixa mas sua causa não se explica pela qualidade da educação. Tem muita gente na fila, antes.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em ANA - alunos de 8 anos, Enem, Ideb, Links para pesquisas, Pisa, Prova Brasil, Responsabilização/accountability, Saresp e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s