Ximenes: fato surpreendente em SP

“Um fato surpreendente aconteceu no último dia 16 de agosto, no antigo Colégio Caetano de Campos, hoje sede da Secretaria de Educação de São Paulo. O governo estadual constituiu, enfim, a Frente de Instituições Públicas pela Educação do Estado de São Paulo (Fipesp). O grupo havia sido criado em maio, mas aguardava indicação de representantes e adesão das instituições envolvidas. A surpresa está na composição, agora revelada: todos os onze componentes do grupo são juristas. Vale a pena investigar por quê.”

Continue lendo aqui.

Veja a lista dos integrantes: Marcos da Costa, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB-SP);Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo; Elival da Silva Ramos, Procurador Geral do Estado;Gianpaolo Poggio Smanio, Procurador Geral da Justiça do Ministério Público de São Paulo; Davi Eduardo Depiné, Defensor Público Geral;Antonio Carlos Ozório Nunes, promotor de Justiça, coordenador do Centro de Apoio Operacional – Educação; Alvimar Virgílio de Almeida, defensor público estadual; Maria Cristina de Oliveira Reali Espósito, advogada, presidenta da Comissão de Direitos à Educação e Informação da OAB-SP; Antonio Carlos Malheiros, desembargador do Tribunal de Justiça e ex-coordenador da Coordenadoria da Infância e Juventude do órgão e Patrícia Ulson Pizarro Werner, procuradora do Estado chefe da consultoria jurídica da Secretaria de Educação; Fernando Capez, promotor de justiça e presidente da Assembleia Legislativa, e Fátima Mônica Bragante Dinardi, também jurista, assessora legislativa lotada no gabinete do deputado. A presidência cabe ao secretário da Educação, também este notório jurista,

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Reorganização escolas em São Paulo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Ximenes: fato surpreendente em SP

  1. Caro professor Freitas

    Um outro fato surpreendente acontecerá na próxima quarta-feira, dia 29 de agosto, na Secretaria de Educação de São Paulo.

    Diz o convite: “lançamento da Aliança Brasileira pela Educação, um projeto de responsabilidade social da Kroton de melhoria do ensino público em todo o país. Na ocasião, contaremos com a presença do presidente da Kroton, Rodrigo Galindo e do vice-presidente acadêmico, Mario Ghio, além de conselheiros integrantes do Comitê de Responsabilidade Social da Kroton, como Evando Neiva. O projeto será apresentado para diretores de escolas públicas estaduais e outros nomes importantes do setor educacional. Foram convidados para o evento autoridades públicas como o governador Geraldo Alckmin e o secretário de educação José Renato Nalini, cujas presenças estão a confirmar.” O convite cita que “o movimento replicará nacionalmente o sucesso do da Conspiração Mineira Pela Educação, presente em Minas há 10 anos”. Este movimento tem como uma das principais lideranças o economista Claudio de Moura Castro.

    Um abraço
    Fábio Galvão

  2. kkkkkkkk…. da Kroton? …. fala sério……

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s