Chile aprova gratuidade no ensino superior

Depois de passar pela experiência desastrosa do ensino superior pago, Chile volta a ter ensino superior gratuito. Os estudantes, agora, estão livres de uma das mensalidades mais caras do mundo.

“O Congresso do Chile aprovou nessa quarta-feira (24 de janeiro de 2018), em último debate, a lei do ensino superior que estabelece gratuidade universal, uma decisão que o governo da presidente Michelle Bachelet classificou de “histórica” e um dos projetos emblemáticos de sua gestão.

Com 102 votos a favor e apenas duas abstenções, a Câmara dos Deputados – o último trâmite antes de ser promulgada – aprovou a lei que garante a gratuidade do ensino superior no país.”

Veja aqui .

A Lei aprovada estipula já para 2018 o acesso gratuito de 60% dos setores mais pobres. A Ministra de Educação Dalpiano destacou que:

“é parte integral deste projeto estabelecer como vamos seguir avançando em Gratuidade e que as famílias dos setores médios não vejam em risco a possibilidade de que seus filhos possam estudar.”

Leia mais aqui.

Na educação básica, em 2015, já haviam ocorrido mudanças também em direção à gratuidade do ensino:

“Respecto al objetivo de la Ley de Inclusión de poner fin al aporte obligatorio de las familias para financiar la educación de sus hijos e hijas, la ministra Delpiano informó que desde su promulgación en el año 2015, 958 establecimientos han pasado a ser totalmente gratuitos, lo que representa un 42% de los establecimientos que tenían copago. A la fecha, 1.375.227 alumnos de establecimientos particulares subvencionados estudian gratuitamente, lo que representa el 72,3% de la matrícula del sector.”

Veja mais aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Privatização. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Chile aprova gratuidade no ensino superior

  1. Mariana disse:

    Professor, boa noite! Alguns amigos chilenos me indicaram essa leitura para entender melhor esse caso: http://www.gratuidad.cl/lo-que-debes-saber/

  2. Pingback: Boletim de Notícias, 29/jan | Direto da Ciência

  3. Kitsune Gean disse:

    Muito interessante a notícia, obrigado por nos manter informado Luiz Carlos.

    https://alunonota1000.com

  4. Pingback: Boletim de Notícias: Combate à febre amarela teve ‘erros em série’ | Direto da Ciência

  5. Pingback: Fim do ensino superior público pago no Chile, por que o silêncio? |

  6. Pingback: Fim do ensino superior público pago no Chile, por que o silêncio? – OLHAR DO CAMPUS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s