GREPPE: mapeando a inserção privada no público

O GREPPE – Grupo de Estudo e Pesquisas em Políticas Educacionais – divulgou estudo mapeando a inserção do setor privado nas redes estaduais de educação entre os anos de 2005 e 2015.

Acesse aqui.

“Esta ferramenta interativa disponibiliza para os interessados resultados de pesquisas desenvolvidas pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais (GREPPE) a respeito da incidência do setor privado junto aos sistemas estaduais de Ensino.

Em diálogo com pesquisas anteriores inventariamos os programas, projetos e ações das secretarias estaduais de educação em parceria com o setor privado, por meio dos conteúdos disponíveis nas páginas web das secretarias e de buscas por descritores pré-definidos na plataforma GOOGLE.

O período de 2005 a 2015, correspondente à década posterior à vigência da Lei de Responsabilidade Fiscal, foi selecionado para que pudéssemos identificar elementos que dialoguem com a hipótese de que a limitação dos gastos previstos na Lei tem estimulado a transferência de atividades estatais, inclusive as educacionais, para o setor privado.

O estudo, centrado na educação básica, identifica setores privados que incidem nas três dimensões da política educacional: oferta educacional, gestão da educação e currículo.”

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Links para pesquisas, Privatização, Responsabilização/accountability. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s