Novo estudo: privatização promove segregação

A teoria da “escolha da escola” pelos pais – que está chegando para o Brasil agora -, impulsionou o desenvolvimento da terceirização da escola pública para entidades privadas com ou sem fins lucrativos e seu complemento, os vouchers.

Sua vocação segregacionista apareceu logo que ela foi posta em prática na Virgínia (USA) nos anos 50, como forma de enganar uma decisão da Corte Suprema americana que determinava a imediata segregação das escolas. A teoria da “escolha” permitia aos pais de alunos brancos escolherem escolas terceirizadas que não aceitavam veladamente os negros.

Ao longo do tempo, reiteradamente os estudos têm apontado que a terceirização promoveu, entre outras mazelas, exatamente este desejo de conter os negros e os pobres em redutos a eles destinados: as escolas charters – escolas públicas operadas pela iniciativa privada.

Estudo de Julian Vasquez Heilig; Jameson Brewer e Yohuru Williams mostra que as escolas charters americanas promovem uma dupla segregação: por raça e por classe social. Dizem os autores:

“Nós encontramos que a dupla segregação por raça e classe é maior em escolas charters. É mais provável que as charters sejam segregadas, mesmo quando se controla a demografia etnorracial local. A maioria dos estados tem pelo menos metade dos negros e um terço da Latinos em charters muito segregadas.”

Acesse aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Escolas Charters, Links para pesquisas, Segregação/exclusão, Vouchers, Weintraub no Ministério e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Novo estudo: privatização promove segregação

  1. Pingback: Educação em Debate, Editorial 247 – Jornal Pensar a Educação em Pauta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s