O racismo nas reformas empresariais de Chicago

Diane Ravitch comenta post de Jan Ressenger que analisa quinze anos de reforma empresarial da educação em Chicago (EUA) e mostra as características racistas destas reformas.

“Tudo começou em 2004 quando Arne Duncan lançou seu programa “Renaissance 2010”, comprometendo-se a fechar 100 “escolas com problemas” e substituí-las, em grande parte por escolas terceirizadas. Seu substituto, Rahm, continuou o programa fechando mais 49 escolas em um único dia.

Resseger baseia-se na brilhante análise dos fechamentos de escolas de Eve Ewing, que mostrou a dor infligida pelos fechamentos às famílias e comunidades negras.

A reforma empresarial da educação em Chicago, embora afirme ser neutra e baseada em dados, sempre operou com implicações racistas. Ewing fornece os números: “Dos estudantes que foram afetados pelo fechamento, 88% eram negros; 90% das escolas eram majoritariamente negras e 71% possuíam principalmente professores negros – um grande feito em um país onde 84% dos professores de escolas públicas são brancos.” (ver Ghosts in the Schoolyard, p. 5).

Resseger então se volta para um novo estudo de Stephanie Farmer, da Universidade de Roosevelt, que descobriu que o orçamento escolar da cidade prejudica as escolas mais pobres, onde as crianças negras estão agora concentradas.

Este novo relatório documenta que o programa chamado “orçamento baseado no aluno” concentra escolas de baixo orçamento nos bairros negros de Chicago.”

Leia aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Escolas Charters, Privatização, Responsabilização/accountability, Segregação/exclusão, Vouchers e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s