Leher: ‘vouchers’ – encontro de fundamentalismos

“O governo Bolsonaro trabalha nessa perspectiva. É de sua natureza. Com os vouchers pode contemplar os fundamentalistas do mercado e os fundamentalistas ideológicos. E montar robusta base eleitoral para o seu projeto de poder e, claro, desses setores.”

Leia íntegra aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Escolas Charters, Privatização, Responsabilização/accountability, Segregação/exclusão, Vouchers, Weintraub no Ministério e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s