FONEC condena despejo e fechamento de escola

FORUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO – FONEC

 NOTA SOBRE O DESPEJO DO QUILOMBO CAMPO GRANDE E A
DESTRUIÇÃO DE UMA ESCOLA DO CAMPO

 Fechar Escola do Campo é crime! Despejar durante a pandemia é genocídio!

 O Fórum Nacional De Educação do Campo – FONEC repudia o despejo do Acampamento Quilombo Campo Grande, Campo do Meio, Sul do estado de Minas Gerais e reivindica a imediata suspensão da reintegração de posse e da operação militar para retirar as mais de 450 famílias da vila de moradores e a estrutura da Escola Popular Eduardo Galeano.

O uso da força policial, pelo governador Romeu Zema (Partido Novo) para ameaçar o despejo das famílias que residem ali há mais de 20 anos e produzem o café Guaíí, o café agroecológico mais importante do estado, em plena pandemia, é um ato criminoso que, além de expor as vidas de crianças, idosos, homens e mulheres ao risco de contágio pelo coronavírus, pode eliminar uma experiência de vida e produção coletiva sustentável, de reconhecimento internacional.

Tão grave e criminoso quanto o despejo em si, foi a destruição da Escola Popular Eduardo Galeano, espaço comunitário de formação da infância e da juventude do campo, espaço de realização do direito humano e constitucional que todos têm à educação, independente do lugar e das condições em que vivam. Fazê-lo ainda durante uma situação de pandemia é um atentado contra todas as leis que protegem as crianças e adolescentes das ameaças da família, da sociedade e do próprio Estado, como é o Estatuto da Criança e Adolescente.

O Governo do Estado e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que devem à sociedade o compromisso de zelar pelos seus direitos, devem suspender a reintegração de posse e assegurar a reconstrução da escola destruída, sob o risco de passar à história de Minas Gerais e do País como aqueles que, no seu dever de assegurar os direitos e a justiça, quando deviam, não o fizeram.

Somos educadores e educadoras do campo!

Somos Quilombo Campo Grande!

Brasil, 13 de agosto de 2020.

A Coordenação Nacional do FONEC

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para FONEC condena despejo e fechamento de escola

  1. Pingback: Educação em debate, edição 287 – Jornal Pensar a Educação em Pauta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s