“Corrida para nenhum lugar” vai começar…

O MEC deve divulgar hoje os resultados do IDEB e da prova brasil de 2015. A Folha de São Paulo antecipa alguns dos resultados. Há melhora no ensino fundamental e piora no ensino médio. Vamos ver se a divulgação do MEC vai melhorar em relação aos anos anteriores ou resumir-se ao velho “press release” de sempre.

O Todos pela Educação e demais representantes da reforma empresarial já preparam seus discursos – não espere novidades.

A piora no ensino médio é tudo que o governo Temer precisava para justificar as mudanças que pretende fazer no ensino médio (e que faria mesmo se as notas tivessem aumentado).

Ainda teremos este ano a divulgação do PISA 2015 e do SARESP aqui no Estado de São Paulo.

Aguardemos o “conjunto da obra” sem esquecer que ele é produto de influências da própria política dos reformadores empresariais presentes no INEP e no MEC durante os últimos 20 anos. Portanto, não venham nos propor aprofundar e radicalizar aquilo que já vinha sendo feito, mais do mesmo, como se o “novo” governo tivesse, agora, uma proposta diferente para melhorar a educação.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Ideb, Mendonça no Ministério, Prova Brasil. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s