New York State: fracasso da “reforma” é visível (atualizado)

Diane Ravitch postou recentemente o desempenho dos estudantes do estado de Nova York na avaliação nacional chamada NAEP entre 2003 e 2017. A avaliação vale para a Cidade de Nova York também.

Note-se que os valores atuais (2017) são praticamente os mesmos de 2003. Tudo que se conseguiu no estado de Nova York com estas políticas “brilhantes” foi destruir a educação pública pela terceirização para organizações sociais com ou sem fim lucrativo, demitir professores, fechar escolas e desqualificar a profissão – e claro, encher o bolso dos empresários da educação americana com dinheiro público que deveria estar sendo aplicado na melhoria das escolas públicas. 

O ano de 2003 é emblemático pois é quando ocorre nos Estados Unidos, em geral, a onda de responsabilização baseada em testes. No caso da Cidade de Nova York em especial ela foi vitimada pela privatização por terceirização sob a era do prefeito Bloomberg (mentor de Doria no Brasil) que por 12 anos administrou a cidade com as teses do livre mercado e da responsabilização. No estado de Nova York a política de responsabilização foi aplicada com forte intensidade.

Valores para o Estado de Nova York (Diane Ravitch)

NYCnaep17

Valores para a Cidade de Nova York (Leonie Haimson)NYC_naep_17

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Assuntos gerais, Escolas Charters, Links para pesquisas, Meritocracia, Privatização, Responsabilização/accountability e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para New York State: fracasso da “reforma” é visível (atualizado)

  1. Áurea Demaria Silva disse:

    Professor Luiz,
    Sou professora na Rede Municipal de Ensino de Florianópolis. Desde o dia 12/04 nós servidores municipais estamos em greve porque o prefeito do MDB (infelizmente eleito) está tentando aprovar na Câmara de Vereadores um projeto de lei para passar setores da saúde e da educação para as Organizações Sociais. É a privatização e um ataque a organização dos servidores por melhores condições pra saúde e educação públicas.
    Estamos utilizando as matérias do seu Blog (tag: Organizações Sociais) para esclarecer a comunidade escolar sobre os riscos se essa proposta desastrosa e privatista passar na Câmara.
    Parabéns pelo trabalho de informação feito aqui no blog!
    Prof. Áurea

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s