Lula e o Pátria Educadora

Não basta ter concordado (segundo alguns solicitado) que o sistema de avaliação nacional passasse de amostral para censitário, ou seja, que envolvesse todas as escolas públicas do país, agora Lula resolveu atacar de Pátria Educadora.

O Painel da Folha diz, hoje, 02-08-15, diz:

“Lula pretende usar a educação como mote no giro que vai fazer pelo país para tentar recuperar a própria popularidade, do PT e do governo. Nas últimas semanas, o ex-presidente se reuniu com ministros, secretários municipais de educação e especialistas no tema para discutir o plano para a área encomendado por Dilma Rousseff a Mangabeira Unger (SAE). Ele acha que o resgate do slogan “pátria educadora” é uma forma de a presidente voltar a dialogar com a sociedade.”

Alguém precisa avisá-lo que o plano Mangabeira não tem sustentação entre os educadores profissionais e que azeda mais ainda as relações que ele está procurando recompor, pelo menos entre estes. Isso também não vai ajudar no diálogo com as entidades educacionais.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Meritocracia, Patria Educadora, Privatização, Responsabilização/accountability. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s