“SAEB americano” mostra desastre das receitas

Saíram os resultados do que se poderia chamar de “SAEB americano”, ou seja, uma avaliação da educação básica americana – lá feita de forma amostral, pois são os estados que fazem as avaliações censitárias.

Diane Ravitch comenta os resultados da avaliação americana:

“Depois de uma geração de reformas destrutivas – “Nenhuma criança deixada para trás” e “Corrida para o topo”, Avaliação do professor por valor agregado e Base Comum – após uma década ou mais de desinvestimento na educação, depois de anos de agredir e desmoralizar professores, a Avaliação Nacional do Progresso Educacional (NAEP) para 2019 mostra os resultados:

Na última década, não houve progresso no desempenho em matemática ou  leitura, e os alunos com pior desempenho estão piorando”, disse Peggy Carr, pesquisadora associada do Centro Nacional de Estatísticas da Educação, que administra o NAEP.” De fato, no longo prazo em leitura, os alunos com menor desempenho – aqueles que mais sofrem – não fizeram progresso desde a primeira administração do NAEP, quase 30 anos atrás.”

Desde 2017, o desempenho da leitura caiu significativamente nas séries 4 e 8, com desempenho misto em matemática, com base nos resultados da Avaliação Nacional do Progresso Educacional de 2019, lançada quarta-feira. Algumas lacunas no desempenho entre raças se fecharam – em parte devido à queda na pontuação entre os estudantes brancos – e as diferenças entre estudantes com mais dificuldades, comparados com os de mais alto desempenho, continuaram a aumentar.

A secretária de Educação, Betsy DeVos, usou os resultados como uma oportunidade para solicitar mais terceirização e vouchers, embora a Flórida (seu estado modelo, com grande número de terceirizadas e voucher) tenha visto declínios significativos em leitura e matemática nas duas séries avaliadas.”

Leia mais aqui.

Sobre Luiz Carlos de Freitas

Professor aposentado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (SP) Brasil.
Esse post foi publicado em Escolas Charters, Estreitamento Curricular, Links para pesquisas, Meritocracia, Privatização, Responsabilização/accountability, Segregação/exclusão, Vouchers, Weintraub no Ministério e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s